Menos liberal

Cidade que já foi mais aberta e tolerante em relação às drogas, à prostituição e às liberdades individuais ainda é o destino preferido de jovens, casais e mochileiros

iG Minas Gerais | Paulo Campos |

Begjinhof. Pátio medieval rodeado de casas históricas, igreja e capela
Paulo Campos
Begjinhof. Pátio medieval rodeado de casas históricas, igreja e capela

Mais uma vez semifinalista da Copa do Mundo, a Holanda é um país louco por futebol. Seus times mais famosos, Ajax, PSV e Feyenoord, formaram craques que atualmente jogam em clubes alemães, como Van Persie (Arsenal) e Robben (Bayern de Munique). São também apaixonados por cerveja e bicicleta – mais do que pelos moinhos e pelas tulipas, flores que são o símbolo nacional.

Amsterdã, a capital, é uma das cidades mais liberais e vanguardistas de toda a Europa, muito em função de sua tolerância em relação às drogas, à prostituição e às liberdades individuais. Nas últimas décadas, a Holanda se abriu rapidamente ao mundo, acolheu imigrantes – principalmente búlgaros e romenos – e atraiu jovens do mundo inteiro – especialmente mochileiros.

Preferida

A partir de 2011, o país adotou a política inversa. Desde que tomou o poder, o governo conservador defende restrição à comercialização de drogas nos coffee shops para estrangeiros – na Holanda, não é permitido comprar mais do que 100 g de erva – e dificulta a entrada de imigrantes. Em 2013, pesquisa indicava que 67% da população holandesa era a favor de medidas menos liberais.

Mas foi essa atmosfera liberal que fez de Amsterdã como a oitava cidade mais visitada do continente, perdendo apenas para Londres, Paris, Roma, Praga, Barcelona, Budapeste e Viena, e à frente de potências turísticas como Madri e Berlim. Em Amsterdã, estão os principais atrativos de um país que cultiva campos de tulipas e celebra a realeza com festa.

Raio X da capital holandesa

População: Cerca de 820 mil hab. Fuso horário: 4 horas a mais em relação a Brasília Moeda: Euro Idiomas: Holandês e inglês Visto: Não é necessário Gorjeta: Se o atendimento for satisfatório, deixe 10% para o garçom Principal festa: 30/4 (Dia da Rainha) Casas de câmbio: As de rua não cobram comissão Custo ao dia: 100 euros (inclui hospedagem e alimentação) Melhor época para visitar: Em março e abril, embora frio, florescem as tulipas. No verão (julho a setembro), as temperaturas ficam em torno de 20ºC. Julho e agosto são meses de alta temporada por causa das férias europeias. Site: www.visitamsterdam.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave