Ator procura fugir do rótulo de galã que o acompanha na carreira

iG Minas Gerais |

Ao longo de sua carreira, Leonardo Vieira foi constantemente escalado para o posto de galã. Principalmente na Globo, onde ficou por 15 anos e se acostumou a viver mocinhos carregados de conflitos românticos, como o José Inocêncio de “Renascer” e o Lucas de “Sonho Meu”. Mas o ator nunca perdeu tempo pensando no rótulo que tanto lhe acompanhou. “Nunca me incomodei, nunca elaborei alguma coisa sobre esse assunto porque não me diz respeito. O galã é a mídia que inventa”, salienta.

O que realmente importa para Leonardo é viver um personagem, seja ele qual for, sem qualquer julgamento de valor. “Encaro o papel pelas características que vão surgindo ao longo da novela. Às vezes, o próprio ator é surpreendido”, constata ele, que destaca Lopo Jr., de “Prova de Amor”, como um exemplo dessa surpresa. Na história de Tiago Santiago, o personagem era capaz de qualquer coisa para ficar com a mocinha, mas foi ganhando ares de loucura no decorrer dos capítulos. “O que eu faço para fugir desse enquadramento que a tevê faz é me dedicar ao teatro e a projetos pessoais”, frisa.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave