Vasco vence líder Ceará e sobe para 2º na Série B

Time carioca se igualou em pontos com os cearenses, mas segue atrás na classificação por ter uma vitória a menos que o adversário

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Após um bom cruzamento de Marlon, Kléber recebeu livre e abriu o placar
Vasco da Gama Oficial/reprodução
Após um bom cruzamento de Marlon, Kléber recebeu livre e abriu o placar

O Vasco dominou o jogo e venceu o líder da Série B, Ceará, por 2 a 0, neste sábado. Com a vitória obtida no Estádio de São Januário lotado, o time carioca se igualou em pontos com os cearenses, mas segue atrás na classificação por ter uma vitória a menos que o adversário. Os cariocas seguem imbatíveis na competição, com 14 jogos de invencibilidade.

Os times iniciaram a partida com pouca velocidade e muitas faltas, algumas até exageradas, como um chute de Rodrigo em Bill que rendeu um cartão amarelo para o vascaíno. O Ceará tentava se aproveitar de contra-ataques, mas não levava perigo. Os donos da casa, por sua vez, jogavam mal e tinham dificuldade na criação de lances de ataque.

A situação da equipe carioca melhorou aos 14, quando o juiz marcou um pênalti após a bola bater na mão de Helder dentro da área do Ceará. O cobrador, Douglas, desperdiçou ao bater na trave. O time carioca não deu tempo para a torcida lamentar e, após um bom cruzamento de Marlon, Kléber recebeu livre e não titubeou para abrir o placar.

O Vasco voltou do intervalo tentando controlar o jogo. Sem a bola, marcava no campo de ataque. Com ela, trocava passes e tentava rodar o jogo. As melhores jogadas saiam pela ponta direita, com Carlos César. Em um desses lances, o lateral vascaíno avançou em ala, driblou três defensores e foi derrubado perto da grande área. O juiz marcou falta. Em cobrança perfeita, Douglas compensou o gol perdido no início da partida, ampliando o resultado para 2 a 0.

Após o gol, o técnico Sérgio Soares mandou seu time para o ataque. Substituiu o experiente Magno Alves por Lulinha para buscar mais mobilidade na frente. No entanto, os avanços do Ceará eram desorganizados. Com erros de passe e muitos chutes precipitados, que passavam longe do gol de Martín Silva, o time nordestino não conseguiu sair do zero.

Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar o Vila Nova, na terça-feira, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

FICHA TÉCNICA:

VASCO 2 x 0 CEARÁ

VASCO - Martín Silva; Carlos Cesar, Rodrigo, Douglas Silva, Marlon; Guiñazu, Fabrício, Dakson (Jhon Cley), Douglas (Montoya); Guilherme Biteco (Edmílson) e Kleber. Técnico: Adilson Batista.

CEARÁ - Luis Carlos; Samuel, Sandro, Anderson, Helder; João Marcos, Ricardinho, Eduardo (Gil), Nikão (Michel); Bill e Magno Alves (Lulinha). Técnico: Sérgio Soares.

GOLS - Kleber, aos 20 minutos do primeiro tempo. Douglas, aos 11 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Carlos César, Douglas, Rodrigo (Vasco); Samuel, Anderson, João Marcos, Michel (Ceará).

ÁRBITRO - Edivaldo Elias da Silva (PR).

RENDA - R$ 392.375,00.

PÚBLICO - 16.495 pagantes (18.495 no total).

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave