Marina diz que não embarcou por 'providência divina'

A ex-ministra desembarcou na tarde deste sábado no Recife para acompanhar o enterro de Eduardo Campos

iG Minas Gerais | DA redação |

Divulgação/Site Oficial
undefined

A vice da chapa encabeçada por Eduardo Campos, Marina Silva, afirmou que não embarcou na aeronave que caiu em Santos na última quarta-feira por "providência divina". "Foi providência divina, eu, Renata, Miguel e (Rodrigo) Molina, não estarmos naquele avião", disse Marina em referência aos familiares que costumavam viajar com o presidenciável. A ex-ministra desembarcou na tarde deste sábado (16) no Recife para acompanhar o enterro de Campos.

Questionada sobre como se sentia após a tragédia, afirmou ter o "senso de responsabilidade e compromisso que a perda dele impõe".

Marina deve ser declarada a nova candidata do PSB à Presidência nos próximos dias. Ela se aliou a Campos em outubro do ano passado, após a Justiça Eleitoral negar o registro do seu novo partido, a Rede Sustentabilidade.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave