Emissário do Barça chega na 6ª para contratar Douglas

A única barreira que ainda separa o lateral da Catalunha é que o Barcelona está tentando se livrar do camaronês Song para inscrevê-lo no elenco principal para disputar a Liga dos Campeões

iG Minas Gerais | Agência estado |

O São Paulo deve fechar na próxima sexta-feira, dia 22, a venda de Douglas para o Barcelona. O gerente de futebol, Raul Sanllehi embarca um dia antes ao Brasil para acertar os detalhes finais da negociação, que será fechada por seis milhões de euros (R$ 18 2 milhões).

A única barreira que ainda separa o lateral da Catalunha é que o Barcelona está tentando se livrar do camaronês Song para inscrevê-lo no elenco principal para disputar a Liga dos Campeões. Os espanhóis já procuram interessados no atleta e estão otimistas de conseguir fechar a venda rapidamente.

Alberto Valentin, olheiro do Barça, esteve no Brasil para observar Douglas no jogo contra a Chapecoense e depois se reuniu com o presidente Carlos Miguel Aidar e o empresário Juan Figer, para discutir valores e forma de pagamento. O time brasileiro tem 60% dos direitos do atleta e há no contrato uma cláusula que obriga o clube a ressarcir a Traffic (dona dos outros 40%) em caso de propostas superiores a 5 milhões de euros (R$ 15,2 milhões) que viessem a ser rejeitadas pelo clube.

O clube, por enquanto, confirma que existem conversas, mas nega que o estágio das negociações esteja tão avançado. A revelação do negócio causou inclusive um mal estar entre Aidar e o vice de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, que negou as conversas e acabou desmentido pelo presidente, com quem tinha combinado de rebater qualquer notícia sobre o tema.

"O Juan Figer tem sido o interlocutor. É um dos empresários que nós respeitamos, conhecido do São Paulo desde os anos 70. Ele é a pessoa que nos procurou há uns dois meses para saber se tínhamos interesse em vender o atleta", disse o presidente na última quinta-feira.

Leia tudo sobre: futebolbarcelona