BHTrans acaba implantação do Move nas estações Venda Nova e Vilarinho

De acordo com o presidente de órgãos, Ramon Victor Cesar, toda a base da estrutura do Move está finalizada e agora terá início a fase de ajustes

iG Minas Gerais | Luiza Muzzi |

A Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) concluiu, neste sábado (16), a implantação do Move nas estações Venda Nova e Vilarinho. De acordo com o presidente de órgãos, Ramon Victor Cesar, toda a base da estrutura do Move está finalizada e agora terá início a fase de ajustes.

Oito novas linhas do Move começaram a circular neste sábado. Sete delas já existiam e foram integradas ao sistema e uma foi criada, a 68 (Vilarinho/Lagoinha). Mais 100 mil pessoas, em dias úteis, devem ser atendidas por essas novas linhas, ampliando a capacidade do Move de 340 mil para 440 mil usuários.

“Estamos finalizando essa primeria fase do Move, instalando um conjunto de linhas na estação Vilarinho e temos modificações na estação Venda Nova”, garantiu Cesar.

Com as novas linhas que passarão a fazer parte do Move, os usuários poderão ir da Estação Vilarinho até a avenida Carlos Luz, a Praça Raul Soares, ao bairro Santo Agostinho, ao Barreiro, a Assembleia Legislativa e ao Buritis, pela Raja Gabaglia.

Passageiros confusas

Mesmo com o baixo movimento de sábado, usuários ficaram confusos e precisaram usar o serviço de ajuda para obter informações sobre os ônibus e seus destinos, mesmo com as placas indicativas.

A cozinheira Valdirene Silva, 36, não gostou da mudança (da introdução de linhas já existentes no sistema Move). “Ficou horrível. Ia direto para o centro e agora sou obrigada a trocar de ônibus. Vou demorara mais", lamentou.

Já costureira Luciana Mendes, 49, está mais otimista. "A expectativa é que melhore. Vamos na segunda-feira, né?".