Agentes da Cruz Vermelha são raptados no Afeganistão

Funcionários estavam fazendo entregas de carneiros a vilarejos da região quando ocorreu o incidente, de acordo com um porta-voz da polícia de Herat

iG Minas Gerais | Da Redação |

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) no Afeganistão informou neste sábado (16) que cinco de seus funcionários foram raptados na província de Herat, no Oeste do país. Eles viajavam por uma estrada local quando foram parados por um grupo armado, segundo Marek Resich, porta-voz do CICV.

"O CICV está no momento fazendo contatos em vários níveis para garantir a libertação segura de sua equipe", disse Resich.

Os funcionários estavam fazendo entregas de carneiros a vilarejos da região quando ocorreu o incidente, de acordo com um porta-voz da polícia de Herat. Como tanto os funcionários quanto os carneiros foram levados, existe a suspeita de que o caso se trataria de um assalto, e não de um ataque de militantes.

Militantes costumam lançar ataques quase diários no Afeganistão, normalmente contra forças de segurança. Ataques recentes, porém, envolveram trabalhadores civis. No fim do mês passado, homens armados mataram a tiros dois agentes humanitários finlandeses na cidade de Herat, capital da província de mesmo nome.

Leia tudo sobre: raptocruz vermelha