Travestis brigam no Axé Brasil e uma acaba morta no Sagrada Família

"Fernanda" e "Samanta" teriam continuado a discussão do lado de fora do Estádio Independência, onde ocorre o evento; vítima foi atingida por uma facada no peito e outras duas no abdômen

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Uma travesti foi assassinada a facadas, durante a madrugada deste sábado (16), após uma briga com uma outra travesti, no bairro Sagrada Família, na região Leste de Belo Horizonte. As duas teriam tido uma discussão no evento Axé Brasil, que acontece no Estádio Independência, no bairro Horto, na mesma região.

Uma testemunha relatou à Polícia Militar (PM) que depois da briga na festa, a discussão continuou do lado de fora, e na rua João Carlos, "Fernanda" teria dado três facadas em "Samanta", de 30 anos. A PM encontrou a vítima caída ao solo e a socorreu para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, onde ela deu entrada com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

"Samanta" foi atingida por uma facada no peito e outras duas no abdômen. Até o momento, "Fernanda" não foi localizada. O motivo da briga é desconhecido pela PM.

 

Leia tudo sobre: travestifacadaAxé Brasil