Centésimo ato do chefe azul

Perto de importante marca, treinador superou barreiras para contar com o apoio da torcida

iG Minas Gerais | Guilherme Guimarães e Bruno Trindade |

Profissional. Marcelo precisou superar a desconfiança da torcida celeste por sua história com o Atlético
Uarlen Valério
Profissional. Marcelo precisou superar a desconfiança da torcida celeste por sua história com o Atlético

Chegar desacreditado a um clube, principalmente por ter boa parte de sua história escrita no arquirrival, e mesmo assim conseguir dar a volta por cima. Capítulos como esse, de superação, transformam a história de muitos personagens do futebol em um enredo inesquecível. Com o técnico Marcelo Oliveira não é diferente.

Treinador mais longevo dentre os grandes clubes do país, Oliveira está perto de uma nova marca: seu centésimo jogo oficial à frente da Raposa. “Cem jogos no Cruzeiro é motivo de orgulho. É uma coisa exaltada, porque a cultura no Brasil é de se trocar o técnico sempre. É a sinalização de que o trabalho está indo bem”, analisou.

Não bastasse o recorde pessoal a ser alcançado na partida contra o Santos, amanhã, às 16h, no Mineirão, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, o comandante tem ainda mais motivos para comemorar. Em toda a história cruzeirense, nenhum outro comandante alcançou aproveitamento mais positivo que o atual treinador: 74,07%.

“Na chegada, aconteceram situações que não esperava. Posteriormente, começamos a trabalhar, e as coisas deram certo. Esse Campeonato Brasileiro seria fundamental para entrar para a história do clube. Fico grato pelo reconhecimento do torcedor”, comemora.

De tudo o que viveu no comando técnico celeste, o treinador destaca os pontos que considera altos em sua passagem até aqui. “Tivemos jogos maravilhosos, contra o Grêmio, Botafogo e o triunfo diante do Vitória, na Bahia, que confirmou o título nacional”, relembra.

“Ele quer entrar para a história do clube com essas vitórias e vem mostrando um trabalho maravilhoso, de seriedade e respeito”, comenta o atacante Willian, um dos talismãs de Oliveira.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave