Falta luz no entorno de estação

Escuridão e sinalização ruim fazem motorista perder entradas para avenidas Pedro I e Portugal

iG Minas Gerais | Camila Bastos |

Durante obras do Move, sinalização provisória foi instalada no trecho
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Durante obras do Move, sinalização provisória foi instalada no trecho

Três meses depois da inauguração da Estação Pampulha do Move, construída no entroncamento das avenidas Antônio Carlos, Pedro I e Portugal, a iluminação pública do entorno do terminal continua desligada. Na noite da última quinta-feira, a reportagem esteve no local e constatou que a escuridão e a sinalização insuficiente deixam motoristas que vêm pela avenida Antônio Carlos perdidos e provocam conversões bruscas. Condutores que não conhecem a região também não conseguem encontrar os retornos para vias próximas.

“Até a gente que conhece bem a região às vezes se confunde e pega (o retorno) para o lado errado. Imagina quem nunca veio aqui”, disse o taxista Antônio Silveira Duarte, 43, que trabalha em um ponto de táxi na avenida Portugal. Segundo ele, se o trânsito estiver congestionado, encontrar o retorno correto pode demorar mais de meia hora.

O ponto de maior problema está no canteiro central localizado ao fim da avenida Antônio Carlos, logo depois da Barragem da Pampulha. É função do equipamento separar os trajetos para as avenidas Pedro I e Portugal. Como as placas de sinalização foram colocadas apenas na altura do canteiro, em muitos casos o motorista não consegue corrigir o trajeto e acaba pegando o caminho errado.

Atualmente existem apenas duas placas no trecho. Uma delas identifica o caminho para a avenida Pedro I. Ela foi instalada à esquerda da Antônio Carlos, na altura do canteiro central. Já a segunda placa avisa sobre o caminho para a Igrejinha da Pampulha, que é feito pela avenida Portugal. Ela, no entanto, foi colocada após a entrada para a avenida.

Procurada no fim da tarde de quinta-feira e ontem, durante o feriado, a assessoria da Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) não atendeu as ligações.

Aeroporto. A escuridão no local é agravada pela proximidade da Barragem da Pampulha, onde não pode haver iluminação pública para não atrapalhar as operações de pouso e decolagem do aeroporto. A informação foi confirmada pela assessoria da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), que também alegou que a iluminação foi desligada com o início das obras do Move, no começo do ano passado, a pedido da prefeitura. O objetivo era evitar possíveis acidentes de trabalho envolvendo eletricidade.

Apagão

São Gabriel. No começo de agosto, a Estação São Gabriel do Move, na região Nordeste, ficou no escuro por causa de um disjuntor inadequado.

A situação foi regularizada no mesmo dia.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave