Migrantes também serão contemplados

iG Minas Gerais |

Imigrantes, migrantes, refugiados e pessoas que tiveram que deixar suas casa por causa de ameaças são também contemplados no projeto de lei que penaliza os chamados crimes de ódio. De acordo com a autora da medida, esse ponto faz com que o texto tenha apoio internacional. “O Brasil seria um dos primeiros países a ter uma lei de proteção contra a intolerância aos imigrantes, pessoas que vieram de outros países e, hoje, se consideram brasileiras”, argumenta a deputada Maria do Rosário.

Se aprovado, o projeto vai prever, por exemplo, que o empregador que negar uma vaga a uma pessoa por causa de seu Estado ou país de origem poderá sofrer pena de um a seis anos de cadeia. Casos como o da estudante de direito Mayara Petruso, que disse no Twitter que nordestinos mereciam ser “afogados”, podem acabar em prisão. (LV)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave