Samba com tempero platino

Cantor gaúcho lança seu novo álbum na próxima sexta (22), em um show no Teatro Bradesco

iG Minas Gerais | João Paulo Costa |

Divulgação
"Samboleria” é um delicioso passeio onde o samba, o bolero e os ritmos latinos se encontram

“Em uma fase de boas mudanças” (como ele próprio define) atualmente, o cantor e compositor gaúcho Antonio Villeroy, 53, vive em Porto Alegre, onde cuida de sua filha de um aninho e ainda encontra tempo para novos projetos musicais. Embora seja pouco conhecido pelo público mineiro como intérprete, ele é dono de uma extensa carreira fonográfica e na próxima sexta (22) lança o seu sétimo álbum em BH, em um show no Teatro Bradesco.

“Samboleria”, o novo trabalho desse gaúcho de São Gabriel traz 13 faixas que transitam entre os ritmos que mais marcaram a sua trajetória. “É um disco que revela influências que trago comigo desde que ganhei meu primeiro violão, aos 13 anos. O samba e o bolero são muito fortes nesse trabalho e as influências dos ritmos dos pampas são, igualmente, significativas. Toda essa latinidade é muito própria da região da fronteira onde cresci”, destaca.

Villeroy conta que o álbum foi produzido por ele próprio e por Bernas Ceppas, entre julho e outubro de 2013. “É um disco muito bem produzido e rolou uma parceria muito boa entre nós. Conseguimos conjugar bem as sonoridades que tenho identificação e o resultado foi muito bom. E quem for ao show de lançamento vai se surpreender”, diz.

No álbum, a cantora argentina Dolores Solá solta a voz na canção título do disco e a cantora Mart’nália traz seu suingue para a faixa “Germinal do Samba”. Além disso, há participações de Moraes Moreira, do pianista João Donato, do norte-americano Don Grusin, do cubano Descemer Bueno e do colombiano Jorge Villamizar.

Outras vozes

Villeroy é considerado um dos maiores hit makers da música brasileira. Suas composições já foram interpretadas por grandes nomes como Gal Costa, Ivan Lins, Maria Bethânia, Maria Gadú, Mart’nália, Luciana Mello e Seu Jorge.

Porém, foi na voz da cantora mineira Ana Carolina – que já gravou 27 músicas dele, incluindo sucessos como “Garganta”, “Rosas” e “Uma Louca Tempestade” –, que o talento desse gaúcho ficou mais evidente.

Antonio Villeroy  no show “Samboleria”

Teatro Bradesco (r. da Bahia, 2.244, Lourdes, 3516-1360).

Sexta (22), às 21h. R$ 60 (inteira).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave