Homem que diz líder de ocupação em BH é preso pela PM em Santa Luzia

Declaração dada pelo suspeito detido com 130 pedras de crack não foi confirmada; ele ainda teria afirmado que no dia da desocupação do terreno na Granja Werneck, no bairro Zilah Spósito, "o bicho vai pegar"

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Polícia prende traficante com 130 pedras de crack
Divulgação / PM
Polícia prende traficante com 130 pedras de crack

A Polícia Militar (PM) conseguiu prender em Santa Luzia, na região Metropolitana de Belo Horizonte, na noite desta sexta-feira (15), um homem de 35 anos suspeito de comandar o tráfico de drogas em um dos bairros do município. Durante a prisão ele declarou ser o líder de uma ocupação de Belo Horizonte, mas a informação não foi confirmada. 

Após denúncia anônima, militares da 58ª Cia do 35 Batalhão da PM avistaram dois homens vendendo entorpecentes na rua Professor Lucas Machado, no bairro Londrina. Durante a abordagem, um dos criminosos conseguiu fugir do local, no entanto, a polícia prendeu o outro.

O suspeito, identificado pelas  iniciais J.C.S, tentou se desfazer de 130 pedras de crack antes de ser abordado. Mas, acabou preso e os entorpecentes apreendidos.  

No momento da prisão, vizinhos e familiares do suspeito tentaram evitar o procedimento. A viatura da polícia chegou a ser apedrejada por populares.

O suspeito aproveitou a situação para afirmar ‘’ser líder das ocupações Rosa Leão, Vitória e Esperança, que ocupam um terreno no na Granja Werneck, no bairro Zilah Spósito, na região Norte de Belo Horizonte, e que no dia da desocupação o bicho vai pegar”, segundo informações registradas no boletim de ocorrência.

O suspeito já é conhecido na região por comandar o tráfico de drogas, mas sempre conseguia fugir da polícia. J.C.S foi detido e encaminhado para Delegacia de Plantão de Santa Luzia.    

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave