Michel Bastos teve contratação vetada por comissão técnica do Cruzeiro

Em conversa com a diretoria, treinador Marcelo Oliveira prestigiou Egídio e Samudio e refutou vinda do lateral

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

'Fominha', Michel Bastos se coloca à disposição para jogar no meio ou na lateral
SÃO PAULO/DIVULGAÇÃO
'Fominha', Michel Bastos se coloca à disposição para jogar no meio ou na lateral

O polivalente Michel Bastos, novo reforço do São Paulo, quase desembarcou na Toca da Raposa II antes de acertar com a equipe paulista O assunto veio à tona após polêmica envolvendo os presidentes Gilvan de Pinho Tavares, do time mineiro, e o mandatário tricolor Carlos Miguel Aidar. O cartola paulista acusou o Cruzeiro de não arcar com compromissos financeiros na apresentação de Bastos, na última quinta-feira.

Segundo apurou o Super FC, Michel Bastos e Alexandre Mattos conversaram várias vezes pelo telefone nos últimos dias e definiram bases de contrato e salário. Estava tudo fechado para a vinda do lateral-esquerdo para Belo Horizonte. Entretanto, em uma conversa entre a diretoria celeste e a comissão técnica de Marcelo Oliveira, ficou acertado que a chegada de mais uma lateral-esquerdo não era necessária.

Ainda de acordo com apurações da reportagem, o nome de Michel Bastos agradou em um primeiro momento. Porém, a contratação do jogador foi vetada por dirigentes celestes entenderem que o time está bem servido na posição, com Egídio e Samudio.

Leia tudo sobre: cruzeirovetomichel bastosvindapreferenciaegidiosamudiomarcelo oliveira