Dátolo admite preferência em atuar no meio e ser o cobrador de faltas

Com saída de R10 e lesão de Guilherme, argentino enfim espera poder mostrar o seu futebol, em sua posição

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Dátolo quer se tornar também o cobrador oficial de faltas no time
Bruno Cantini / Atlético
Dátolo quer se tornar também o cobrador oficial de faltas no time

Um ano depois de estrear pelo Atlético, Jesús Dátolo busca seu espaço e deve ter uma sequência no time com a saída de Ronaldinho Gaúcho e a lesão de Guilherme. O meia argentino ressalta em qual posição se sente mais confortável em atuar, mesmo diante da constante rotação de funções pedida pelo técnico Levir Culpi.

“Minha posição real é no meio. Eu sou meia. Mas, às vezes, dá para o Tardelli no meio, o Maicosuel no meio e eu abrir. Às vezes, no jogo dá para ficar por fora. Prefiro começar no meio, mas, durante a partida, às vezes eu fico por fora”, disse Dátolo.

Além de ser o "camisa 10" do Atlético, Dátolo acredita que tem a qualidade necessária para agregar ainda outra função deixada por R10: a de cobrador de faltas fixo. Para chegar a este posto, o meia não mede esforços. No treino dessa quinta-feira, por exemplo, ele ficou em campo após o fim das atividades testando cobranças de falta ao lado de Fillipe Soutto.

“Tem de treinar para logo, quando tiver uma oportunidade, caprichar. É possível nos treinos me concentrar e, na hora do jogo, converter”, comentou o argentino.

A próxima partida do Atlético será diante do Figueirense. O duelo começará às 18h30 deste domingo, em Florianópolis.

Leia tudo sobre: datolopreferenciaatleticoatuarmeio