Tarcísio pode ganhar projeção

Já a cientista política Helcimara Telles, da Universidade Federal de Minas, analisa que a dissidência no PSB deve crescer

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

Tarcísio está atrás de Fernando Pimentel e Pimenta nas pesquisas
Douglas Magno / O Tempo
Tarcísio está atrás de Fernando Pimentel e Pimenta nas pesquisas

A escolha do PSB pelo nome de Marina Silva também pode ter outros impactos em Minas, desta vez na disputa pelo governo do Estado. Uma das possibilidades é que, com a ex-senadora na cabeça de chapa, a candidatura de Tarcísio Delgado (PSB) seja turbinada. A outra é que, sem Eduardo Campos, a dissidência no partido cresça.  

“Marina tem fortes lideranças em Minas, além de boa votação. Ela pode ajudar a campanha de Tarcísio”, avalia o cientista político Antônio Carlos Mazzeo.

Segundo o presidente do PSB no Estado, deputado federal Júlio Delgado, “o caminho natural é Marina. Ela reforça muito a candidatura”.

Já a cientista política Helcimara Telles, da Universidade Federal de Minas, analisa que a dissidência no PSB deve crescer – uma ala do partido declarou apoio a Pimenta da Veiga (PSDB). “Muita gente apoiava Campos, mas não apoia Marina. Com certeza vai aumentar a dissidência em Minas e outros Estados. Alguns vão migrar para Aécio, e outros serão liberados para apoiar a Dilma. Isso pode interferir regionalmente”, afirmou Helcimara. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave