Caixa-preta tinha capacidade de gravar últimas duas horas de voo

Os peritos da Aeronáutica vão analisar as condições dos circuitos de memória da caixa-preta e tentar extrair o áudio do momento da queda para auxiliar nas investigações

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A caixa-preta do tipo de aeronave usado por Campos tinha capacidade de gravar as últimas duas horas de voo, de acordo com o Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), que investiga o acidente aéreo.

Os peritos da Aeronáutica vão analisar as condições dos circuitos de memória da caixa-preta e tentar extrair o áudio do momento da queda para auxiliar nas investigações.

O gravador registra tudo o que foi falado na cabine do avião, além de diálogos entre o piloto e a torre de controle. A Aeronáutica ainda não divulgou um prazo para a conclusão dos trabalhos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave