Murray salva match points e vai às quartas em Cincinnati

Escocês fez mais uma partida abaixo do esperado e teve muitas dificuldades para vencer; agora terá prova de fogo no caminho

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Murray não deu chances ao polonês Jerzy Janowic, sensação do torneio até a semifinal
Divulgação / ATP
Murray não deu chances ao polonês Jerzy Janowic, sensação do torneio até a semifinal

Ainda sem convencer os fãs, às vésperas do US Open, Andy Murray voltou a ter dificuldade nesta quinta-feira. Diante do local John Isner, o escocês precisou salvar dois match points e buscou a vitória de virada, com parciais de 6/7 (3/7), 6/4 e 7/6 (7/2), em 2h23min de confronto no Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos.

O triunfo classificou Murray às quartas de final, quando enfrentará o vencedor da partida entre o suíço Roger Federer e o francês Gael Monfils. O número três do mundo entra em quadra ainda nesta quinta para tentar a vaga na próxima fase.

Antes disso, Murray e Isner fizeram um duelo de sacadores. O americano levou vantagem ao cravar 21 aces, contra 14 do britânico, principalmente no primeiro set. Sem quebras, a parcial foi decidida no tie-break, quando o poderoso serviço do local fez a diferença.

Murray, contudo, reagiu no segundo set, sabendo tirar vantagem das falhas do rival. Isner cometeu 46 erros não forçados durante toda a partida, contra 21 do escocês. Assim, buscou o empate e levou o jogo para o terceiro set. Isner, então, saiu na frente e teve duas chances para fechar o jogo no saque do adversário, sem sucesso.

O britânico se defendeu bem e estendeu a partida para novo tie-break. Desta vez, Murray foi mais feliz. Mostrou maior concentração e foi soberano nos pontos decisivos, para decepção da torcida local, que viu Isner se despedir da chave.

Stanislas Wawrinka também sofreu para alcançar as quartas de final. Com uma grande virada, perdeu apenas um game em 13 disputados nas últimas duas parciais e bateu o croata Marin Cilic pelo placar de 3/6, 6/0 e 6/1. Na sequência, o suíço vai enfrentar Julien Benneteau. O francês avançou ao superar o polonês Jerzy Janowicz por 7/5 e 6/1.

Ainda nesta quinta, o italiano Fabio Fognini eliminou o taiwanês Lu Yen-Hsun por 3/6, 6/3 e 6/3. O próximo adversário do tenista da Itália sairá do confronto entre o local Steve Johnson e o canadense Milos Raonic.

Leia tudo sobre: tenismurrayisnerCincinnati