Jaqueline pede atenção em jogo com EUA no Grand Prix

Ponteira prega respeito às adversárias norte-americanas e prevê duelo acirrado em Bangcoc

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Jaque fez uma grande partida e foi essencial na vitória brasileira
Divulgação/FIVB
Jaque fez uma grande partida e foi essencial na vitória brasileira

Depois de ter vencido por 3 sets a 0 no domingo passado em São Paulo, a seleção brasileira feminina de vôlei volta a enfrentar os Estados Unidos nesta sexta-feira, dessa vez em Bangcoc, na Tailândia, onde acontece mais uma rodada do Grand Prix. Apesar da ótima vitória do Brasil no Ibirapuera, a ponteira Jaqueline pede atenção no reencontro com as norte-americanas.

"É sempre difícil jogar contra as americanas. É um jogo de igual para igual. Elas têm um jogo parecido com o nosso, além de ter muita velocidade. Temos que estar sempre atentas. As centrais americanas vão muito alto e o nosso sistema defensivo tem que estar sempre preparado. Também precisamos passar muito bem para nossas jogadas saírem", avisou Jaqueline.

Ainda invicto, depois de seis jogos disputados, o Brasil lidera o Grand Prix com 18 pontos. A Turquia está em segundo lugar com 13 e a Rússia aparece em terceiro, com a mesma pontuação, enquanto a Sérvia ocupa a quarta posição, com 11. Assim, uma nova vitória sobre os Estados Unidos já garante a classificação brasileira, entre as quatro melhores desta fase.

O técnico José Roberto Guimarães já lembrou da importância de conseguir a vaga antecipada, para que possa dar ritmo de jogo para as reservas nos dois últimos jogos da fase de classificação contra a República Dominicana no sábado e a anfitriã Tailândia no domingo. Por isso, a ordem na seleção brasileira é ganhar novamente das norte-americanas.

No jogo desta sexta-feira, marcado para começar às 8h30 (horário de Brasília), Zé Roberto deve repetir a mesma escalação que vem utilizando durante todo o Grand Prix, com Jaqueline, Fernanda Garay, Sheilla, Dani Lins, Thaisa, Fabiana e a líbero Camila Brait. E vai buscar nova vitória sobre os EUA, para confirmar presença na fase final da competição.

Leia tudo sobre: voleijaquelinebrasilestados unidos