Al-Maliki cede e vai deixar o cargo, dizem autoridades iraquianas

Congressistas iraquianos afirmam que o primeiro-ministro concordou em deixar o cargo e apoiar o seu sucessor indicado, Haider al-Abadi

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Acordo seria sobre futuro estatuto que regerá a atuação das forças armadas norte-americana em território iraquiano
AGÊNCIA FRANCE-PRESSE
Acordo seria sobre futuro estatuto que regerá a atuação das forças armadas norte-americana em território iraquiano

Congressistas iraquianos afirmam que o primeiro-ministro Nouri al-Maliki concordou em deixar o cargo e apoiar o seu sucessor indicado, Haider al-Abadi. Segundo autoridades do governo do Iraque, al-Maliki fará um depoimento para anunciar sua decisão.

Quatro congressistas xiitas disseram à agência de notícias Associated Press que o atual premiê decidiu concordar com a nomeação de al-Abadi após um encontro entre membros do seu partido, o Dawa, nesta quinta-feira, em Bagdá. O anúncio de al-Maliki daria fim a um impasse que deixou o Iraque afundado em incertezas políticas.

Hussein al-Maliki and Khalaf Abdul-Samad, congressistas do bloco político Estado da Lei, do qual participam tanto al-Maliki como al-Abadi, disseram que o atual primeiro-ministro vai aceitar deixar o cargo em depoimento na noite desta quinta-feira (14). Dois outros membros do Congresso iraquiano que não quiseram se identificar confirmaram a informação. Fonte: Associated Press.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave