Caixinha de doações é roubada em igreja de Romaria

A suspeita é que o roubo tenha sido cometido por alguém que tinha acesso ao santuário, já que as fechaduras estavam intactas

iG Minas Gerais | BERNARDO ALMEIDA |

A Polícia Civil está investigando o roubo de um cofre que continha dinheiro de doações no Santuário de Nossa Senhora da Abadia, em Romaria, no Triângulo Mineiro. O crime aconteceu durante a madrugada dessa segunda-feira (12).

A igreja não consegue quantificar o valor furtado, mas a última retirada havia sido feita horas antes, às 16h30 de domingo (11). De acordo com o vigário Aloizio José Nunes, o conteúdo do cofre era formado de pequenas quantias que os fiéis depositavam, a maioria em notas R$ 2 e R$ 5, para ajudar em obras como a reforma da própria igreja, parte da manutenção de uma creche no município e uma unidade da Apae, uma das 432 que existem em Minas Gerais.

“Foi uma situação muito triste, mais do que valores, o que doeu, para a comunidade, foi uma agressão ao seu lugar de fé, a sua solidariedade”, disse o padre.

O dinheiro é arrecadado durante as festividades, que este ano começaram no dia 1º de agosto, e terminam nesta sexta-feira (15), dia de Nossa Senhora da Abadia.

De acordo com a delegada Cláudia Garcia, de Monte Carmelo, somente cadeados foram arrombados, e não fechaduras, o que indica que o autor possa ser alguém com acesso ao santuário.

No momento do roubo, dois seguranças faziam a segurança do lado de fora da igreja para, entre outras coisas, vigiar a imagem de Nossa Senhora da Abadia.

A polícia acredita que os assaltantes possam ter praticado o roubo enquanto saíam pela porta principal da igreja. Desde então, um segurança foi colocado no interior do santuário, e fechaduras e cadeados foram trocados por outros, mais resistentes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave