Anvisa alerta sobre roubo de talidomida

Segundo a agência, 192 caixas do remédio, contendo 5.760 comprimidos ao total, fabricado pela Funed (Fundação Ezequiel Dias) foram roubadas durante o transporte da carga realizado entre Belo Horizonte e São Paulo

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou em seu site um alerta a respeito do roubo de 192 caixas do medicamento talidomida, que pode provocar malformações em fetos se consumido por mulheres grávidas.

Segundo a agência, 192 caixas do remédio, contendo 5.760 comprimidos ao total, fabricado pela Funed (Fundação Ezequiel Dias) foram roubadas durante o transporte da carga realizado entre Belo Horizonte e São Paulo -da fabricante para a secretaria paulista de saúde.

Esse medicamento não pode ser vendido por farmácias; só pode ser distribuído por postos de saúde cadastrados e, no caso de mulheres em idade fértil, sob condições pré-estabelecidas. As caixas pertencem ao lote 13090212, com validade em setembro de 2015.

"Devido ao elevado risco, a Anvisa solicita que, caso qualquer vestígio deste produto seja encontrado, o interessado entre em contato imediatamente com as autoridades sanitárias locais de sua região e/ou Anvisa, para que sejam tomadas as ações necessárias. O contato com a Anvisa pode ser realizado por meio do e-mail: med.controlados@anvisa.gov.br ou pelo telefone 61-3462-5832", diz nota no site da agência.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave