Ronaldinho esteve na mira do Orlando City, mas clube optou por Kaká

Assis, irmão do ex-craque alvinegro, esteve na Flórida quando o jogador resolvia sua situação com o Galo; negociação na evoluiu, e Kaká foi eleito a melhor opção

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Com base no crescimento de sua marca ao redor do mundo, o Orlando City procurou no início do ano uma estrela para alavancar o planejamento da equipe, que será integrada a Major League Soccer na próxima temporada. As opções foram colocadas sobre a mesa e, de acordo com o proprietário do time norte-americano, o brasileiro Flávio Augusto, Ronaldinho Gaúcho era um dos principais alvos ao lado de Kaká.

Em entrevista ao O TEMPO, Flávio revelou que Assis foi até Orlando para tentar viabilizar a negociação, mas o negócio não evoluiu. "Ele veio aqui, conversamos, apresentamos o planejamento do clube. Queríamos ter uma estrela brasileira para simbolizar este crescimento da nossa equipe, mas também estávamos em negociação com o Kaká e acabamos optando por ele", afirma o proprietário.

"O Ronaldo é um grande jogador, mas dentro do nosso planejamento o Kaká é um jogador ideal e por isto optamos pela contratação dele junto ao Milan", completa Flávio.

À época, Ronaldinho Gaúcho ainda discutia sua permanência no Atlético, mesmo com um novo vínculo. Com o impasse, o Orlando City seguiu com suas tentativas de acertar com Kaká. O meio-campista, que estava no Milan, foi anunciado pelo clube norte-americano logo no início de julho. Como a franquia da Flórida só fará sua estreia em março do ano que vem, ele foi emprestado ao São Paulo até o fim da temporada.  

Leia tudo sobre: futebol nacionalatléticogaloronaldinhoorlando citykaká