Homem espanca companheira e acaba morto pelo vizinho em Novo Cruzeiro

Após cometer o crime, suspeito ligou para a polícia e avisou o que havia feito

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um homem de 37 anos foi assassinado pelo vizinho a golpes de pauladas, no fim da noite dessa quarta-feira (13), em Novo Cruzeiro, no Vale do Jequitinhonha. O crime aconteceu após o suspeito ver a vítima espancar a mulher com quem vivia.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o suspeito de 28 anos ligou para o 190 e disse que havia matado e amarrado Luciano Pereira dos Santos após presenciar uma briga entre ele e a sua companheira.

A vítima teria agredido a mulher em casa, na rua Córrego Lufa, na zona rural do município. Revoltado com a situação, o homem, com a ajuda de um adolescente, começou a agredir Santos com pauladas. Após as agressões, a dupla fugiu.

Depois do homem confessar as agressões pelo telefone, militares deslocaram até o local do crime e encontraram a vítima com vários ferimentos no rosto. Santos ainda estava vivo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes da chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A companheira do homem confirmou aos policiais que constantemente era agredida pelo marido. Após os trabalhos da perícia, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Teófilo Otoni. O sepultamento de Santos deve acontecer nesta quinta-feira (14).

Os suspeitos ainda não foram localizados e a investigação do caso ficará a cargo da Polícia Civil.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave