Bombeiros acham carteira de Campos em local do acidente

De acordo com o capitão Marcos Palumbo, os trabalhos durante a madrugada avançaram bem e foi possível encontrar mais partes de corpos das sete vítimas em um local onde o capitão acredita que a aeronave tocou o solo

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O porta-voz do Corpo de Bombeiros, capitão Marcos Palumbo, disse nesta quinta-feira, 14, que as equipes de busca encontraram a carteira pertencente ao candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos, que morreu na queda de uma aeronave na região central da cidade da Baixada Santista. De acordo com ele, os trabalhos durante a madrugada avançaram bem e foi possível encontrar mais partes de corpos das sete vítimas em um local onde o capitão acredita que a aeronave tocou o solo.

Palumbo disse que os homens do Corpo de Bombeiros começarão nesta manhã a busca por fragmentos do Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, e de corpos num raio de 50 metros do local da queda. Depois, eles voltam a dar prioridade para o ponto central do acidente. "Se não encontrarmos mais nada, entregaremos os trabalhos para os peritos", disse.

As buscas seguiram sem interrupções durante a madrugada desta quinta-feira. Segundo Palumbo, a chuva não foi forte o suficiente para atrapalhar os agentes. As equipes da corporação trocam de turno a cada uma hora na tarefa de vasculhar a área. "Nesta manhã deveremos avançar bastante para que tenhamos quantidade de corpos suficientes para fazer a identificação", afirmou.

Desde ontem, peritos da Polícia Federal, do Instituto de Criminalística e do Cenipa estão no local. As partes das vítimas encontradas são enviadas para exame no Instituto Médico Legal (IML) em São Paulo.  

Leia tudo sobre: acidenteEduardo CamposMorteaviãodocumentosPolíticaPSB