Amigos são baleados por gangue rival e um deles morre em Ibirité

Menor de 17 anos levou tiros no rosto, mas consegui correr e se salvar; crimes, segundo a polícia, podem ser um acerto de contas

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um homem de aproximadamente 20 anos e um jovem de 17 foram baleados, na noite dessa quarta-feira (13), em Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte. O jovem mais velho morreu e a suspeita é que os crimes tenham sido cometidos por integrantes de uma gangue da área.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, as vítimas conversavam na rua Padre Eustáquio, no bairro Cascata, quando foram surpreendidos por pelos criminosos que começaram a atirar.

O adolescente foi atingido no rosto, mas conseguiu correr para uma outra rua. Ele foi socorrido e encaminhado ao hospital da cidade. Seu estado de saúde não foi divulgado. Já o outro homem, que não foi identificado, morreu no local do crime.

Durante o socorro, o menor e testemunhas contaram aos militares do 48º Batalhão que os bandidos seriam moradores do bairro Washington Pires, integrantes de uma gangue e, provavelmente, os disparos teriam acontecido por causa de um acerto de contas.

Os nomes dos suspeitos foram passados para os policiais, mas os atiradores não foram localizados. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Ibirité. 

Leia tudo sobre: GANGUEIBIRITÉTIROSACERTO DE CONTAS