Brasil viaja em busca de meta

Antes de seguir para o Mundial da Rússia, em Chelyabinsk, seleção brasileira fará treinos em Paris

iG Minas Gerais |

Completa. Equipe brasileira formada por 18 judocas conta com cinco atletas da Belo Dente-Minas
CBJ/Divulgação
Completa. Equipe brasileira formada por 18 judocas conta com cinco atletas da Belo Dente-Minas

A seleção brasileira de judô embarcou ontem rumo a Paris, onde dará sequência à preparação para o Mundial da Rússia deste ano. Composta por 18 atletas, a equipe ficará na capital francesa até o próximo dia 21. Em seguida, seguirá para cidade russa de Chelyabinsk, sede da competição. O embarque ocorreu no Rio de Janeiro. A partir de agora, o grupo fará uma série de treinamentos no clube Saint Genevieve. As lutas começam no dia 25 e vão até o dia 31 de agosto. Inicialmente, terão as disputas da categoria superligeiro e terminam com a competição por equipes. A opção pela preparação em terras francesas não foi por acaso. O gestor técnico brasileiro Ney Wilson se apega à superstição para explicar a escolha pelo país europeu. “Traçamos uma meta ousada, mas plausível. Não tenho dúvidas que o trabalho está sendo benfeito, e que os atletas podem alcançar o objetivo. A aclimatação na França tem um pouco de superstição, já que toda vez que nos preparamos para uma competição lá, conseguimos ir bem”, disse Ney, que se referiu ao desempenho brasileiro no Mundial de Paris, em 2011. Naquela edição, o Brasil conquistou seis medalhas, recorde brasileiro em todas as participações. No ano seguinte, nos Jogos Olímpicos de Londres, o grupo brasileiro voltou a brilhar e faturou uma medalha de ouro depois de 20 anos, com Sarah Menezes, na categoria ligeiro. A equipe ainda conquistou outras três medalhas. Para a disputa na Rússia, a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) já traçou os objetivos: fazer quatro finais, repetir as cinco medalhas do último Mundial no feminino e superar o desempenho no masculino, quando apenas Rafael Silva ficou com a prata entre os pesados. Na competição por equipes, o foco é chegar ao pódio tanto no masculino quanto no feminino. Dentre os atletas que vão representar as cores brasileiras, cinco são da Belo Dente-Minas. São eles: Érika Miranda (-52 kg), Ketleyn Quadros (-57 kg), Alex Pombo (-73 kg), Mariana Silva (-63 kg) e Luciano Corrêa (-100 kg). Os três primeiros desta lista serão cabeças de chave do torneio.

Quimonos Detalhes. Antes do embarque, os quimonos dos judocas brasileiros ainda passaram pelos últimos ajustes, como a costura do de patches e back numbers, que são usados pelos atuais campeões.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave