Audiência debate queixas de usuários

Entre as principais queixas estavam atrasos, filas, superlotação e desrespeito a itinerários

iG Minas Gerais | Luiza Muzzi |

A Comissão de Legislação e Justiça da Câmara Municipal promoveu, na manhã de ontem, uma audiência pública para debater reclamações de usuários em relação ao sistema Move. Durante a reunião, o vereador Marcelo Aro, que solicitou o encontro, apresentou diversos relatos de passageiros sobre o mau funcionamento do BRT na capital.  

Entre as principais queixas estavam atrasos, filas, superlotação e desrespeito a itinerários. “Gastou-se muito com o Move, então espera-se um retorno o melhor possível. Entendo que é papel da Câmara, sempre que preciso, chamar a prefeitura para puxar a orelha”, afirmou o vereador, destacando que a Empresa de Transportes e Trânsito (BHTrans) se comprometeu a dar os encaminhamentos necessários para a solução dos problemas.

Segundo o gerente de gestão operacional do BRT, Artur Abreu, a BHTrans está atenta aos problemas e vai continuar verificando formas de contornar as falhas apontadas pelos usuários.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave