Levantamento aponta ingressos brasileiros como os mais caros do mundo

Um dos principais motivos que afastam os torcedores dos estádios, preço dos bilhetes do Brasileirão superam os de outros 12 países

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

No mineirão, torcedores já se aglomeram para aguardar a  partida entre Argentina e Irã, às 13h
LEANDRO CABIDO/WEB REPÓRTER
No mineirão, torcedores já se aglomeram para aguardar a partida entre Argentina e Irã, às 13h

Os estádios vazios do Brasil são frequentes ao longo dos anos. E, ao que parece, é uma cena que irá se repetir por muito tempo, por conta dos altos valores que o cidadão do país precisa pagar para assistir seu time do coração em campo. Uma análise feita pela Pluri Consultoria aponta o Campeonato Brasileiro como o torneio com o ingresso mais caro do mundo.

O estudo considera a média dos preços mais baratos dos clubes que participam da Primeira Divisão em 13 países. Os valores são então comparados com a renda per capita dos cidadãos de cada país para se ter uma conclusão.

A partir daí, constata-se que tal renda permite a compra de 495 ingressos por habitante em um ano. Trata-se da menor quantidade envolvendo as análises dos 13 países.

Depois do Brasil, aparecem na lista Espanha, Inglaterra, Portugal, Argentina, Turquia, México, Itália, Japão, Holanda, França, Alemanha e Estados Unidos.

Uma curiosidade neste estudo é a comparação entre os preços dos ingressos de Brasil e Argentina. O valor do bilhete no país tupiniquim é quase o dobro da entrada nas praças dos hermanos: US$ 22,62 contra US$ 12,22.

Leia tudo sobre: torcidaingressopreçobrasilcampeonato brasileirofuetbolpesquisalevantamentopluri