Presos após aplicarem golpes de R$ 200 mil

Dupla usava documentos falsos de policiais e bombeiros para obter empréstimos

iG Minas Gerais | Evandro Teles |

Delegado regional de Betim, Kleyverson Resende pediu prisão preventiva da dupla
Alex Brandão
Delegado regional de Betim, Kleyverson Resende pediu prisão preventiva da dupla

Dois irmãos foram apresentados pela Polícia Civil na tarde de ontem em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, suspeitos de aplicar golpes superiores a R$ 200 mil.

De acordo com o delegado regional de Betim, Kleyverson Resende, Amarildo Garcia Simões de Oliveira, de 43 anos, e Leandro Garcia Simões de Oliveira, de 34, falsificavam documentos pessoais de bombeiros e policiais para obter empréstimos em instituições financeiras.

“Iniciamos as investigações quando Leandro Garcia compareceu a um cartório com a identidade e o CPF de um cabo do Corpo de Bombeiros com o objetivo de retirar um empréstimo no valor de R$ 38 mil. Só que os funcionários desconfiaram dele e atrasaram o atendimento. Impaciente, o suspeito deixou o local antes da conclusão do pedido de liberação do empréstimo, o que motivou a chamada da Polícia Civil”, afirmou o delegado. Após as investigações, o delegado apurou que Leandro Garcia tem mais de 15 passagens pela polícia. “Eles escolhiam nomes de pessoas ligadas à segurança devido à facilidade de obtenção de empréstimos. Não sabemos ainda como tiveram acesso aos nomes dos policiais”. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave