Tarcísio Delgado, candidato do PSB ao governo de minas, dá entrevista

Durante a entrevista, o político disse que não é momento de se falar em futuro, mas apenas de luto

iG Minas Gerais | Larisa Veloso |

Candidato ao governo de minas deu coletiva na sede do PSB
Webréporter
Candidato ao governo de minas deu coletiva na sede do PSB

O candidato ao governo de Minas pelo PSB (mesmo partido de Eduardo Campos) Tarcísio Delgado concedeu uma entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (13) em que não adiantou nada sobre o futuro da campanha e repetiu várias vezes que o momento agora é de luto. A entrevista, que aconteceu na sede do partido na capital mineira, terminou por volta das 17h. 

"Estamos absolutamente consternados e perplexos. Essa é uma perda irreparável para o PSB e para o Brasil. Sobre o futuro, o partido vai procurar saber o caminho a tomar. Não dá pra falar de candidatura ou de convenção agora", afirmou o candidato.

Perguntado sobre quando recebeu a notícia, Delgado disse: "Eu estava voltando de uma bandeirada num bairro popular. Recebi a notícia quando cheguei aqui na sede do partido. Sentei nessa cadeira, e estou sentado nela até agora", lamentou Delgado.

Quando foi questionado se defende que Marina Silva deve assumir a candidatura pelo PSB, o político afirmou que defende o luto. "Defendo o luto, a profunda tristeza. O Brasil perdeu, mas Minas perde também", disse. Ele também disse que vai suspender a candidatura até o sepultamento.

Leia tudo sobre: psbtarcisio delgadocandidatogovernoeduardo campostragédiaacidenteavião