Galpão da Prefeitura de Cláudio pega fogo após incêndio em lote vago

Conforme administração municipal, o cômodo que foi atingido continha apenas materiais inutilizados pelo órgão

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Chamas atingiram apenas cômodo no segundo andar do galpão
O PAPIRO ONLINE/ ARQUIVO PESSOAL
Chamas atingiram apenas cômodo no segundo andar do galpão

Um galpão da Prefeitura de Cláudio, na região Centro-Oeste do Estado, foi completamente destruído após chamas se espalharem de um lote vago localizado ao lado do local, no Centro da Cidade. Segundo as informações da administração da cidade, o cômodo era usado para guardar materiais inutilizados. 

Conforme o Boletim de Ocorrência feito pelo Corpo de Bombeiros de Divinópolis, as chamas começaram no início da noite de segunda-feira (11). Assim que a corporação chegou ao local, o incêndio já havia sido debelado por funcionários do órgão, que utilizaram um caminhão pipa no combate. Foi constatado que o fogo se alastrou de um terreno próximo, alcançando o cômodo do segundo andar que tem aproximadamente de 9 m². Apenas este cômodo foi incendiado. 

Ainda de acordo com a corporação, os militares não constataram danos estruturais, uma vez que as temperaturas no quarto não foram muito altas, citando inclusive que a fiação elétrica do local não foram danificadas. Apesar disso, a Defesa Civil da cidade deve acionar um engenheiro para que seja feita uma avaliação mais completa. Ninguém ficou ferido.

Procurada por O TEMPO, a assessoria de comunicação da Prefeitura informou que muitas pessoas, principalmente nas redes sociais, afirmam maldosamente que o incêndio teria sido uma queima de arquivos públicos. Conforme o órgão, o cômodo não fazia parte da administração, mas sim de um galpão anexo. No local eram guardados veículos do município e, no cômodo atingido, materiais inutilizados. 

Teriam sido queimados apenas computadores obsoletos, tecidos para decoração de festas, máquinas de escrever, entre outros objetos que há muito não eram usados pela administração. Ainda segundo a assessoria, o arquivo da prefeitura fica no prédio da administração e é tratado com  todo o  respeito e segurança pelos servidores. 

Leia tudo sobre: incêndioprefeituracláudioqueima de arquivosfogochamasgalpão