Lacerda decreta três dias de luto em BH após morte de Eduardo Campos

Em discurso na tarde desta quarta-feira, Lacerda afirmou que Campos era muito mais que um colega de partido, "era um amigo"

iG Minas Gerais | LARISSA ARANTES |

Anunciou a menor redução em preço de passagens (R$ 0,05) e foi criticado por dizer que a polícia “deveria ter prendido mais”.
José Cruz/ABr – 24.6.2013
Anunciou a menor redução em preço de passagens (R$ 0,05) e foi criticado por dizer que a polícia “deveria ter prendido mais”.

Em pronunciamento na tarde desta quarta-feira (13), poucas horas do anúncio da morte do candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB), o prefeito Marcio Lacerda decretou luto de três dias na capital mineira.

Lacerda afirmou que Campos era mais do que um colega de partido, era um grande amigo. Além disso, o prefeito se mostrou consternado com a morte de Campos, que ele afirmou considerar um "intransigente defensor da democracia". Lacerda disse ainda que trata-se de uma grande perda para o política do país.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave