Campos era um político de princípios, diz Temer

"Não há palavras para descrever a tragédia que hoje se abateu sobre a política brasileira", afirmou o vice-presidente da República

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O vice-presidente da República, Michel Temer, lamentou nesta quarta-feira, 13, o falecimento do candidato Eduardo Campos (PSB) por meio de nota. "Não há palavras para descrever a tragédia que hoje se abateu sobre a política brasileira", afirmou.

"Eduardo Campos era um político de princípios e valores herdados de sua família e levados com dignidade e honra por toda sua trajetória no Parlamento e no Executivo", disse. Temer afirmou estar em choque com o ocorrido. "Assim como todo o País, estou chocado com esse acidente e com as perdas para amigos e familiares. Que Deus dê conforto a seus filhos, a sua mãe, familiares e a tantos admiradores que deixou órfãos neste triste dia", concluiu.

Temer deve seguir para Santos, no litoral de São Paulo, onde o jatinho no qual estava Campos caiu nesta manhã.

Skaf

O candidato do PMDB ao governo paulista, Paulo Skaf, lamentou, em nota, a morte de Campos. Skaf afirmou que Campos foi seu amigo e um dos incentivadores para que o peemedebista entrasse para a política. "O Brasil perdeu hoje um grande estadista, um homem público da maior qualidade, que exerceu a política com competência, honestidade e dedicação", afirmou Skaf.

Skaf lembrou que há cinco anos começou a sua carreira política no PSB, o partido de Campos. "Eu perdi um amigo, com quem tive a honra de conviver", afirmou. "Quero me solidarizar com sua família e seus amigos. Quero me solidarizar também com o povo de Pernambuco pela perda de seu grande líder", completou.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave