Prefeitos e vices do PMDB em MG resolvem ‘virar a casaca’

Ao menos 20 gestores deixarão de lado Fernando Pimentel (PT) em nome de Pimenta da Veiga (PSDB)

iG Minas Gerais | Flávia Carneiro |

Prefeito Getúlio Neiva, de Teófilo Otoni, é um dos dissidentes
Vinícius Rêgo/Diário de Teófilo Otoni - 27.6.2012
Prefeito Getúlio Neiva, de Teófilo Otoni, é um dos dissidentes

O PSDB mineiro vai promover nesta quinta um ato de adesão de prefeitos do PMDB à candidatura de Pimenta da Veiga (PSDB) ao Palácio Tiradentes. Uma fonte tucana garante que já são 20 lideranças, entre prefeitos e vice-prefeitos, confirmadas no evento, que será feito no comitê central, na capital mineira.

O PMDB é da chapa do petista Fernando Pimentel – principal adversário de Pimenta ao governo de Minas – e tem seu presidente estadual, o deputado federal Antônio Andrade, como candidato a vice na coligação de Pimentel. O prefeito Getúlio Neiva (PMDB), da cidade de Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, confirmou sua adesão ao grupo de Pimenta e disse não temer uma retaliação de sua legenda. “Não acredito em nenhuma reação imediata. O PMDB é um partido muito democrático”, explicou o prefeito. Uma fonte do diretório estadual do PMDB, que preferiu o anonimato, disse que essas dissidências são o resultado de 12 anos de domínio do PSDB no governo de Minas. “Esses prefeitos são reféns do grupo político do senador e candidato tucano à Presidência da República, Aécio Neves. Eles apoiam o grupo, independentemente do nome escolhido para a cabeça da chapa”, comentou. Segundo a fonte, além desse domínio econômico do PSDB em Minas, muitas lideranças do PMDB defendiam que o partido lançasse candidatura própria, o que não aconteceu. “A partir daí, buscar a unidade é algo impossível de acontecer em nosso partido”, disse. O diretório estadual do PMDB não quis comentar essa reunião de adesão de seus prefeitos à campanha tucana. Já o presidente do PT em Minas, deputado federal Odair Cunha, afirmou que quem tem que tomar uma atitude contra os dissidentes é o PMDB. Mas ele avisa: “Eles vão se arrepender, pois vamos ganhar a eleição, e esses prefeitos serão os infiéis do processo”. Alguns nomes importantes do PMDB já declararam apoio ao candidato do PSB ao governo de Minas, Tarcísio Delgado, como o ex-deputado federal e ex-senador Ronan Tito e o ex-prefeito de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, Zaire Resende. Vereador. O PT vai entrar com uma representação nesta quarta contra o vereador de Ribeirão das Neves Vitório Júnior (PT), que declarou apoio ao tucano Pimenta da Veiga. Segundo Odair Cunha, o mandato é do partido e não do parlamentar.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave