Ataque suicida em Bagdá explode posto próximo a casa de novo premiê

Ainda não há informações sobre vítimas até o momento; Haider al-Abadi é membro da coalizão do atual primeiro-ministro, o xiita Nuri al-Maliki, e foi nomeado pelo presidente Fuad Masum

iG Minas Gerais |

Um homem-bomba atacou um posto de controle perto da casa do novo premiê iraquiano, Haider al-Abadi, em Bagdá, nesta terça-feira (12), segundo duas fontes policiais e a imprensa local. "O homem-bomba explodiu a si mesmo em um posto de controle que leva a casa do primeiro-ministro", disse uma das fontes policiais.

Não há informações de vítimas até o momento. Funcionários do gabinete de al-Abadi não foram encontrados para comentar o ataque.

Abadi é membro da coalizão do atual primeiro-ministro, o xiita Nuri al-Maliki, e foi nomeado pelo presidente Fuad Masum. Ele tem 30 dias para formar um novo governo.

Maliki, que queria um terceiro mandato como premiê, disse que a nomeação de Abadi é uma violação da Constituição, provocando temores de que ele não aceite o novo governo.

Maliki é criticado pelo seu autoritarismo e por marginalizar as minorias iraquianas, aumentando a tensão sectária no país. A nomeação de Abadi, também xiita, foi saudada pelos Estados Unidos e Liga Árabe.

O Iraque enfrenta uma ofensiva de radicais islâmicos sunitas no norte do país. A ação do Estado Islâmico ameaça as etnias minoritárias no Iraque, o que levou os EUA a realizarem ataques aéreos contra os militantes radicais.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave