Magnano corta Rafael Luz e leva 13 em viagem aos EUA

Treinador rasgou elogios ao armador, que foi excluído por ter sido o que menos atuou nos últimos jogos

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Diante de tradicional seleção de Porto Rico, Brasil quer iniciar a competição com uma boa impressão
Site oficial
Diante de tradicional seleção de Porto Rico, Brasil quer iniciar a competição com uma boa impressão

O técnico Rubén Magnano definiu nesta terça-feira o penúltimo corte da seleção brasileira masculina de basquete que vai ao Mundial da Espanha. Como já era esperado, o armador Rafael Luz foi excluído do elenco da equipe, que viajará com 13 atletas para Chicago, onde enfrenta os Estados Unidos no sábado.

"O Rafa Luz é um ótimo jogador, um excelente menino que vinha treinando muito bem. Pela sua dedicação e esforço que teve em todos os treinos deixa as portas abertas para as futuras seleções. Com certeza, ele vai ter um futuro importante dentro da seleção brasileira. Não foi uma decisão fácil para mim", declarou Magnano.

O armador vinha sendo o jogador com menos tempo de quadra nos últimos amistosos do Brasil, chegando a passar todo o jogo no banco em alguns deles. Como a seleção ainda dispõe do titular Marcelinho Huertas e dos reservas Larry Taylor e Raulzinho para a posição, seu corte já era esperado.

Mas Magnano ainda terá que definir um corte antes do Mundial. A tendência é que ele espere a recuperação de Guilherme Giovannoni que sofreu uma torção no tornozelo no fim do mês passado. Caso o ala se recupere bem, o favorito a deixar a delegação é o jovem Cristiano Felício, de 22 anos.

Ainda se preparando para o Mundial, o Brasil embarca nesta quarta para Chicago. Depois de enfrentarem os Estados Unidos, os comandados de Magnano participarão de um torneio na Eslovênia, de 21 a 23 de agosto. Antes da estreia no Mundial, dia 30 contra a França, ainda haverá um amistoso já na Espanha, no dia 25 ou 26, com adversário ainda a ser definido.

Leia tudo sobre: basquetemagnanorafael luzseleção brasileira