Adesivos de Aécio "somem" em foto publicada por candidato do Ceará

Eunício (PMDB) publicou uma imagem na qual ele aparece cumprimentando um eleitor enquanto é abraçado pelo prefeito da cidade de Tururu, Nonato Marim (PSDB)

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Os adesivos do tucano Aécio Neves colados na camisa de um apoiador do senador Eunício Oliveira (PMDB), candidato ao governo do Ceará, sumiram na foto publicada no perfil do peemedebista no Facebook.

No seu perfil no Twitter, Eunício publicou uma imagem na qual ele aparece cumprimentando um eleitor enquanto é abraçado pelo prefeito da cidade de Tururu, Nonato Marim (PSDB).

Na camisa de Marim há dois adesivos da candidatura de Eunício e outros dois com o nome e o número do tucano Aécio Neves, candidato à Presidência.

Já no perfil do peemedebista no Facebook, uma foto com a mesma cena mostra Marim sem os adesivos. As imagens se referem à carreata do senador feita última sexta-feira (8) na cidade de Itapipoca (a 130 km de Fortaleza).

Segundo a assessoria de imprensa de Eunício, não houve alteração na imagem. A campanha de Eunício afirma que são duas fotografias distintas que foram tiradas em sequência.

"ADESIVOS DESCOLADOS"

De acordo com a assessoria, os adesivos são feitos de material frágil e as duas peças de Aécio poderiam ter se descolado da camisa do prefeito entre uma imagem e outra.

A assessoria não soube explicar por que os dois adesivos que se descolaram foram os de Aécio e não os dois que faziam referência a Eunício.

Líder das pesquisas ao governo cearense, Eunício tem enfrentado percalços políticos por conta da campanha presidencial. O senador declara apoio à reeleição de Dilma Rousseff (PT), segundo ele, por um acordo feito com o presidente Lula.

Um dos seus principais aliados, porém, é o ex-governador cearense Tasso Jereissati (PSDB), que pleiteia uma vaga ao Senado. Tasso declara apoio aberto a Aécio e já pediu votos ao ex-governador mineiro em palanques na presença de Eunício.

No comitê de campanha conjunto de Eunício e Tasso já foi distribuído até material de campanha de Aécio Neves. Na ocasião, o peemedebista disse se tratar de uma ação do aliado.

"Aqui é um espaço democrático. Tasso apoia Aécio e pode fazer isso. Eu apoio a Dilma e ninguém vai tirar isso de mim", disse Eunício.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave