Thiago Silva para por um mês e é 'baixa' da primeira lista de Dunga

Zagueiro, capitão durante o ciclo de Felipão, não poderá ser convocado por Dunga para a seleção

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Thiago Silva não poderá enfrentar Colômbia e Equador
REPRODUÇÃO/PSG
Thiago Silva não poderá enfrentar Colômbia e Equador

O Paris Saint-Germain confirmou nesta terça-feira que o zagueiro Thiago Silva terá de ficar um mês longe dos gramados, depois de ter sofrido uma lesão muscular no início do jogo no qual o time francês venceu o Napoli por 2 a 1, na última segunda, na Itália. Por causa do problema, o defensor também se tornou baixa certa da seleção brasileira para os amistosos contra Colômbia e Equador, respectivamente nos dias 5 e 9 de setembro, nos Estados Unidos.

O jogador lesionou a coxa direita e precisou deixar o campo amparado pelos médicos já aos 13 minutos do confronto diante da equipe italiana. Antes de se machucar, ele era tido como nome praticamente certo na primeira lista de convocados de Dunga neste seu retorno ao comando da seleção. O técnico divulgará os nomes chamados para estes dois próximos confrontos no próximo dia 19.

Presente no grupo de Dunga que disputou a Copa do Mundo de 2010, Thiago Silva agora só poderá ficar à disposição para o confronto que o Brasil fará contra a Argentina, em 11 de outubro, no Estádio Ninho do Pássaro, em Pequim, em mais uma edição do Superclássico das Américas. Três dias depois, o Brasil disputa um amistoso com o Japão, em Cingapura.

Titular absoluto e capitão do Brasil na Copa de 2014, Thiago Silva é um dos principais nomes da seleção atualmente e só poderá voltar a atuar pelo PSG em meados de setembro. Assim, ele se tornou desfalque certo para os confrontos diante de Bastia (no próximo sábado), Evian (no dia 22) e Saint-Étienne (no dia 31), todos válidos pelo Campeonato Francês.

Depois de ter se machucado na última segunda-feira, Thiago Silva foi submetido a exames na manhã desta terça, e os mesmos determinaram esse período previsto de um mês de afastamento dos gramados. Baixa para estes dois próximos amistosos da seleção, o defensor atuou pelo time nacional pela última vez em 12 de julho quando o Brasil caiu por 3 a 0 diante da Holanda na decisão do terceiro lugar do Mundial. Antes disso, ele acabou ficando fora da semifinal diante da Alemanha por estar suspenso pelo segundo cartão amarelo. Assim, ele não pôde ajudar a equipe de Felipão no confronto no qual os alemães humilharam com uma goleada por 7 a 1.

Leia tudo sobre: thiago silvapsgparis saint-germainzagueirofutebolesportelistadungaseleção brasileira