Cadela rejeitada depois de andar 48 quilômetros ganha novo lar

Labradora foi adotada por uma colecionadora de arte, que a buscou de jatinho; o novo lar da cachorra é uma mansão de 11 mil metros quadrados

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Lady e sua nova dona.
Reprodução/Helen Rich, Cindy Barkley Powell
Lady e sua nova dona.

A história tinha tudo para ser muito triste. Mas graças a uma pessoa que se comoveu com o ocorrido, o final foi prá lá de feliz. A labradora Ma Kettle já está com idade avançada e sofre com problemas de artrite, tendo dificuldades para andar. Chamada de “Lady” por seu antigo dono, que faleceu em 2012, ela foi levada para um abrigo, já que ninguém da família queria ficar com ela. Em seguida, foi adotada por uma senhora na cidade de Independence, em Kansas, nos Estados Unidos.

Mesmo assim, Lady sentiu saudade de casa e resolveu voltar, andando por 48 quilômetros. Mas, mais uma vez, a cachorra foi rejeitada. A família a levou de volta ao abrigo  com a desculpa de que não poderiam ficar com ela por causa dos cães pequenos que viviam na casa.

A história de Lady que parecia estar no fim, estava apenas começando. A rica colecionadora de arte Helen Rosburg, também conhecida como Helen Rich,  teve seu coração partido ao saber da história.

Ela mandou uma assistente buscar Lady para cuidar dela. Assim, um jatinho particular foi enviado ao Kansas para levar a labradora a Odessa, onde Helen vive com outros cachorros.

Bisneta de William J. Wrigley, fundador de uma famosa companhia de goma de mascar de 1891, Helen tem em seu histórico a ajuda e compaixão pelos animais, sendo fundadora da organização “On the Wings of Angels Rescue“, que já resgatou 70 cachorros, gatos, cavalos, coelhos, cabras, dentre outros.

Atualmente, a labradora vive feliz da vida com sua nova dona, em uma mansão de 11 mil metros quadrados.

Confira algumas imagens da nova vida de Lady, que hoje vive feliz, deixando de ser plebeia e vivendo como rainha

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave