Exame confirma estiramento na coxa direita de Guilherme

Jogador vinha sendo titular, após a saída de Ronaldinho, mas voltou a ser atormentado por um problema físico

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Guilherme tem sido bem avaliado por técnico Levir Culpi
BRUNO CANTINI/ DIVULGAÇÃO ATLÉTICO
Guilherme tem sido bem avaliado por técnico Levir Culpi

Depois da saída de Ronaldinho, o atacante Guilherme se tornou titular do Atlético. Mas durou apenas quatro partidas seguidas. Tudo por conta de um velho problema, que atormentou o avante em 2012 e 2013 e voltou a aparecer: as lesões.

Na partida contra o Palmeiras, no último domingo, Guilherme deixou o campo de jogo machucado. O resultado de um exame constatou, nesta terça-feira, que o atleta sofreu um estiramento no adutor da coxa direita. Não há previsão de retorno aos gramados.

Com a nova lesão do camisa 17, Dátolo deve ganhar uma chance para o duelo de domingo, ante o Figueirense, no Orlando Scarpelli, pela 15ª rodada do Brasileirão. O argentino foi destaque na vitória sobre o Verdão, com uma assistência e um gol.

Em 2014, Guilherme atuou em 33 partidas, sendo 20 como titular, e marcou cinco gols.

Nesta segunda-feira, o zagueiro Réver foi submetido a uma artroscopia no tornozelo esquerdo. Ele ficará de três a quatro meses fora de combate.

Leia tudo sobre: AtleticoGaloGuilherme