Em jogo adiado, Vasco tem chance de virar vice-líder

Equipe de Adilson Batista está hoje em quinto lugar na tabela, com 25 pontos, um a menos que Joinville e América - o vice-líder é o Luverdense, com 27

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Vasco, do atacante Kléber (foto), pode se aproximar da liderança da Série B
VASCO/DIVULGAÇÃO/FLICKR OFICIAL
Vasco, do atacante Kléber (foto), pode se aproximar da liderança da Série B

O Vasco tem a chance de chegar à vice-liderança da Série B do Brasileiro nesta terça-feira, quando enfrenta o Náutico, a partir das 21 horas, na Arena Pernambuco, em jogo adiado da quinta rodada do campeonato. Como jogou no sábado em Natal (venceu o ABC por 2 a 1), o time carioca permaneceu no Nordeste e treinou nesta segunda no Recife.

Para encerrar a noite de terça-feira em segundo lugar no campeonato, o Vasco tem de vencer o Náutico e torcer para o América-MG não superar o Avaí, em Florianópolis, em jogo que começa no mesmo horário, mas que será válido já pela 16ª rodada.

A equipe dirigida pelo técnico Adilson Batista está hoje em quinto lugar na tabela, com 25 pontos, um a menos que Joinville e América-MG - o vice-líder é o Luverdense, com 27. Com uma nova vitória, subiria para 28 pontos e poderia ficar atrás apenas do líder Ceará, que tem 31 pontos e será seu adversário do próximo sábado, em São Januário.

O objetivo do Vasco é ganhar seis pontos nesses dois jogos e virar a semana com o mesmo número de pontos do Ceará, que soma nove vitórias na competição, contra seis da equipe carioca, e, por isso, manteria a liderança mesmo que eles tivessem pontuação igual.

Na segunda-feira, o volante Guiñazu participou do treino entre os titulares. Ele cumpriu suspensão na última partida e está de volta ao time. Já o atacante Kleber foi avaliado durante a atividade. Como reclama de dores musculares, sua escalação ainda não foi confirmada. E o goleiro Martin Silva, que precisou viajar ao Rio para resolver problemas particulares, tem a vaga assegurada.

Do outro lado, o Náutico está em crise. Próximo da zona de rebaixamento da Série B, o time perdeu o técnico Sidney Moraes no domingo, um dia após a derrota por 3 a 0 para o Santa Cruz. A demissão já vinha se desenhando com o acúmulo de maus resultados. Para o jogo desta terça-feira, quem vai estar no comando é o interino Levi Gomes, que era o auxiliar. Ele disse que pretende mexer com os jogadores na base da conversa.