Aplicativo que detecta anemia vence desafio global

Imagine Cup, promovida pela Microsoft, revelou o programa gratuito, que tem 80% de precisão

iG Minas Gerais |

Jarrel Seah e Jennifer Tang são da equipe que criou o Eyenaemia
microsoft/divulgação
Jarrel Seah e Jennifer Tang são da equipe que criou o Eyenaemia

SEATTLE, EUA. Um aplicativo de celular capaz de detectar anemia com um simples selfie foi o principal vencedor de uma competição de tecnologia chamada “Imagine Cup”, voltada para estudantes do mundo todo e organizada pela Microsoft desde 2003. No total, 34 países disputaram a fase final nas categorias games, inovação e cidadania, com os primeiros lugares saindo com um prêmio de US$ 50 mil cada.

Os criadores do Eyenaemia, vencedor do prêmio de cidadania, são dois estudantes de medicina da Austrália. Eles afirmaram que o programa gratuito tem 80% de precisão e já foi distribuído para hospitais de seu país. Para usá-lo, é necessário segurar uma pequena cartela de cores perto do olho, puxar a pálpebra inferior para baixo e tirar uma foto com o celular. O aplicativo analisa a conjuntiva (membrana mucosa do olho) e calcula o risco de anemia.

A Imagine Cup, que existe desde 2003, aconteceu na semana passada nas cidades de Seattle e Redmond, onde fica a sede da Microsoft. O CEO da empresa, Satya Nadella, participou como jurado. “Doze anos atrás, não se falava em modelo de negócio, era mais sobre tecnologia. Hoje passamos tempo com os estudantes ajudando-os a pensar como empreendedores, em como será o produto final”, disse Steve Guggenheimer, vice-presidente da Microsoft.

Na categoria inovação, o time vencedor veio da Nova Zelândia, com o programa Estimeet, que pretende acabar com o stress de esperar por amigos num encontro sem saber que horas de fato eles vão chegar. O aplicativo rastreia a distância, sem dar o local exato, para saber o quão longe ou perto estão.

A Rússia ficou com o prêmio de games, entregue pelo gamer russo Alexey Pajitnov, criador do Tetris. O grupo apresentou “Turn On”, um jogo sobre uma faísca de eletricidade que precisa circular por uma cidade para devolver energia a casas e estabelecimentos após um blecaute. O Brasil competiu na mesma categoria.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave