Homem morre ao ter o carro prensado na BR–381

Motorista de Uno ficou preso entre um caminhão e um ônibus em acidente na manhã de ontem, no bairro Citrolândia

iG Minas Gerais | JOSÉ AUGUSTO |

Uno ficou destruído
FOTO: NELSON BATISTA / O TEMPO
Uno ficou destruído

Um grave acidente que envolveu dois caminhões, um ônibus e um veículo de passeio resultou na morte de uma pessoa na manhã de ontem, na BR–381, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.

A tragédia aconteceu na altura do KM 503, no bairro Citrolândia, por volta das 8h. O motorista do Uno, Geraldo Bernardo, de 50 anos, ficou preso às ferragens quando o seu veículo foi prensado entre um caminhão e um ônibus.

“O caminhão não conseguiu frear e atingiu o carro de passeio, que foi parar debaixo do ônibus. Com o impacto, o ônibus ainda atingiu outro caminhão, que estava à sua frente”, informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Segundo testemunhas, na hora do acidente, o trânsito estava lento no local. O condutor do ônibus, João Batista Borges, contou que “provavelmente, o caminhão estaria transitando em alta velocidade”.

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Autopista Fernão Dias foram ao local prestar socorro e tiveram trabalho para retirar o homem das ferragens. “Uma médica da equipe médica da concessionária que administra a rodovia confirmou o óbito do motorista do Uno”, informou o Corpo de Bombeiros.

Prisão

Segundo o inspetor Wanderson Vieira, da PRF, o caminhão não tinha tacógrafo, não sendo possível verificar a velocidade em que ele transitava. “O motorista Aldo Pereira, de 22 anos, foi preso por homicídio culposo em direção veicular, que é quando não há a intenção de matar, e foi levado para a delegacia”, disse.

Trânsito

Segundo a Autopista Fernão Dias, que administrava a rodovia, o congestionamento chegou a sete quilômetros. O trânsito só foi totalmente liberado cinco horas após o acidente.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave