Produção de aço bruto sobe 0,5% em julho, diz Instituto

As vendas internas de aço caíram 10,2% no mês passado na comparação anual, enquanto as exportações subiram 80%, ainda em relação a igual mês do ano passado

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A produção de aço bruto no Brasil em julho subiu 0,5% em relação a igual mês do ano passado, para 2,929 milhões de toneladas, segundo dados divulgados nesta segunda-feira, 11, pelo Instituto Aço Brasil (IABr), durante coletiva de imprensa em São Paulo.

As vendas internas de aço caíram 10,2% no mês passado na comparação anual, enquanto as exportações subiram 80%, ainda em relação a igual mês do ano passado. Esse aumento está muito relacionado ao religamento do alto forno número 3 da ArcelorMittal Tubarão. As importações registraram crescimento de 7,1% em julho ante mesmo período do ano passado.

O consumo aparente de aço, por sua vez, registrou queda de 7,5%, na mesma base de comparação.

Copa do Mundo

A Copa do Mundo não trouxe o crescimento do consumo de aço conforme projetado, segundo o presidente-executivo do IABr, Marco Polo de Mello Lopes. "A expectativa anterior era de que haveria um grande grau de incentivo ao crescimento sustentável de aço, o que não aconteceu. Muitos estádios usaram aço importado e a questão de mobilidade urbana não aconteceu", disse o executivo.

O presidente do Conselho Diretor do IABr, Benjamin Baptista, disse que a expectativa para os próximos meses é um pouco mais positiva para o setor, diante, por exemplo, de setores tendo que refazer estoques, o que deve puxar o consumo de aço.

No entanto, Baptista disse que os dados do IABr divulgados nesta segunda (11) já contemplam essa expectativa de meses melhores no segundo semestre. O IABr revisou hoje suas projeções para 2014. Entre as estimativas, a entidade projeta uma queda de 2,5% de aço bruto para este ano, ante uma expectativa de alta de 5,2% da produção anunciada em abril deste ano.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave