Robinho e Leandro Damião devem jogar contra Londrina

Intenção do técnico Oswaldo de Oliveira é dar ritmo de jogo para os dois atacantes e descanso para outros jogadores

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Leandro Damião comemora primeiro gol marcado com a camisa do Santos
SANTOS FC/SITE OFICIAL/DIVULGAÇÃO
Leandro Damião comemora primeiro gol marcado com a camisa do Santos

O técnico Oswaldo de Oliveira vai poupar os titulares mais desgastados fisicamente na decisão da vaga para as oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Londrina, quinta-feira, na Vila Belmiro, mas ainda não decidiu quem fica fora. Como o Santos atuou com o time reserva no jogo de ida no Paraná e foi derrotado por 2 a 1, ele agora precisa armar uma escalação mais forte para ter condições de vencer com dois gols de diferença para avançar na competição. Diante disso, os atacantes Robinho e Leandro Damião, que ficaram parados durante muito tempo e precisam recuperar o ritmo, devem jogar.

"Sempre é preciso fazer modificações na equipe quando temos esse jogo do meio de semana e uma viagem. Vamos esperar pela recuperação dos jogadores. Quem eu puder, escalo contra o Londrina", disse Oswaldo de Oliveira, após a derrota para o Corinthians no clássico de domingo, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão - o Santos volta a jogar no próximo domingo pelo campeonato nacional, quando visita o líder Cruzeiro no Mineirão.

Mesmo conhecendo Robinho de sua passagem anterior pelo Santos, Oswaldo de Oliveira ficou surpreso com a resistência do atacante no clássico de domingo. Ele havia atuado pela última vez no dia 20 de julho, no amistoso do Milan contra o Monza, na Itália, e depois foi liberado da pré-temporada que o clube italiano fez nos Estados Unidos.

Levando em conta o período em que ele ficou inativo, Oswaldo de Oliveira chegou a pensar em deixá-lo no banco contra o Corinthians e só escalá-lo no segundo tempo, quando o adversário estivesse cansado. Mas o comportamento de Robinho nos treinos nos treinos de quinta e sexta-feira fez com ele mudasse de ideia.

No clássico, Robinho voltou a surpreender positivamente, movimentando-se por todos os cantos do campo e puxando contra-ataques em velocidade no segundo tempo, quando o Santos estava com um a menos e se fechou em seu campo. "Robinho fez uma partida muito boa, deu a qualidade que a gente esperava e suportou bem o ritmo até aos 35 minutos do segundo tempo", elogiou Oswaldo de Oliveira, destacando que tanto ele como Leandro Damião vão evoluir de jogo para jogo, o que significa que ambos devem ser titulares contra o Londrina.

O volante Alison (expulso no clássico) e o zagueiro David Braz (recebeu o terceiro amarelo), que vão cumprir suspensão diante do Cruzeiro, além do lateral-esquerdo chileno Mena, que não enfrentou o Corinthians, são outros titulares que Oswaldo de Oliveira deve escalar para a decisão da vaga na Copa do Brasil. Enquanto isso, o também zagueiro Bruno Uvini sofreu uma pequeno entorse no tornozelo direito e faz tratamento, virando dúvida para quinta-feira.

QUASE LÁ - O treinador também antecipou que a semana será decisiva para o zagueiro e capitão Edu Dracena, que operou o joelho esquerdo em janeiro e deve voltar domingo, na vaga do suspenso David Braz. "Edu tem treinado normalmente e participou de um jogo-treino na semana passada e nos próximos dias vai ser mais exigido", avisou o comandante santista.

Leia tudo sobre: robinholeandro damiaoatacantesantosfutebollondrina