Lote de Toddynho é recolhido do comércio por falha de fabricação

De acordo com a pasta, dois consumidores de Porto Alegre e de Viamão, na região metropolitana, relataram alterações de sabor e odor na bebida

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Preço médio do Toddynho 200 ml subiu 15,8% em três meses
JOãO CARLOS MAZELLA/AE - 7.10.2011
Preço médio do Toddynho 200 ml subiu 15,8% em três meses

Um lote do achocolatado Toddynho está sendo recolhido do mercado no Rio Grande do Sul devido a uma falha de fabricação. A medida foi determinada nesta segunda-feira (11) pela Secretaria da Saúde do Estado.

De acordo com a pasta, dois consumidores de Porto Alegre e de Viamão, na região metropolitana, relataram alterações de sabor e odor na bebida e afirmaram que tiveram ardência na boca e náuseas depois que ingeriram o produto.

A PepsiCo, fabricante do Toddynho, informou em comunicado que identificou uma "alteração" em um lote da bebida que estava sendo vendido no estado e que o consumo pode causar "eventualmente desconforto estomacal".

De acordo com a empresa, o lote com problemas é o GRU L15 23:04 até 23:46, com validade de 29 de novembro de 2014, do Toddynho Chocolate Tradicional de 200 ml. A Secretaria da Saúde investiga o caso e encaminhou amostras a um laboratório do Estado para análise. O prazo para a conclusão do exame é de uma semana.

No comunicado, a empresa afirma que está tomando as "medidas cabíveis" sobre o caso e recomendou que os consumidores que adquiriram o produto do lote mencionado não consumam a bebida. A orientação é procurar o serviço de atendimento ao cliente da empresa pelo telefone 0800-7032222.

Em 2011, cerca de 40 moradores do Rio Grande do Sul relataram ter sofrido queimaduras e irritação depois que consumiram Toddynho. À época, por um erro de fabricação, produtos químicos foram envazados no lugar da bebida. Um ano depois, a empresa firmou um acordo de indenização com o Ministério Público.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave