Soares e Melo sobem no ranking de duplas após Toronto

Título e o vice-campeonato na chave de duplas no Masters 1000 deixaram os brasileiros mais perto do ATP Finals, a ser disputado em Londres, no fim da temporada

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Soares e Peya comemoram a vitória na estreia em Cincinnati
Divulgação / ATP
Soares e Peya comemoram a vitória na estreia em Cincinnati

O título e o vice-campeonato na chave de duplas no Masters 1000 de Toronto no domingo deixaram os brasileiros Bruno Soares e Marcelo Melo, cada um com seu parceiro estrangeiro, mais perto do ATP Finals, a ser disputado em Londres, no fim da temporada.

Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya ganharam uma posição e já formam a terceira melhor dupla do ano. Estão atrás somente dos irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan, considerados por muitos os melhores duplistas da história, e da parceria composta pelo canadense Daniel Nestor e o sérvio Nenad Zimonjic, atuais número dois da listas.

Soares e Peya conseguiram subir no ranking graças ao título do Masters de Toronto, conquistado no domingo. Foi apenas o segundo troféu da dupla em um torneio deste nível. O primeiro também foi obtido no Canadá, no ano passado. Desta vez, eles venceram Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig.

Apesar do vice-campeonato, Melo e Dodig também avançaram na lista da ATP. Eles conquistaram duas posições e aparecem agora em 11º lugar. Assim como Soares e Peya, eles buscam terminar a temporada entre as oito melhores duplas do ano para assegurar um lugar no ATP Finals.

Soares/Peya e Melo/Dodig estiveram no torneio disputado em Londres no ano passado e não decepcionaram. As duas duplas foram eliminadas somente nas semifinais.

Leia tudo sobre: tênisbruno soaresmarcelo meloconquistaranking