Crise também existe fora das legendas

iG Minas Gerais |

Além das crises internas, os principais candidatos à Presidência já tiveram ou ainda têm que lidar com a agenda negativa da campanha eleitoral.

No caso de Dilma Rousseff, as denúncias de irregularidades na CPI da Petrobras ganharam força nos últimos dias. Questionada, a petista atribuiu ao Congresso a função de investigar o caso. Já Aécio passou quase duas semanas sendo questionado sobre o caso do aeroporto de Cláudio, e somente dez dias depois da denúncia é que admitiu “equívoco” ao ter usado a pista que não estava apta para pousos.

Eduardo Campos também teve seu nome ligado a um escândalo depois que um aliado seu, candidato ao governo de Pernambuco, foi envolvido em um escândalo de compra de apoio. (LP)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave