Ônibus leva espetáculos de bonecos a estudantes

Projeto BuZum chega a Vespasiano, Confins, Lagoa Santa e Pedro Leopoldo a partir desta quarta

iG Minas Gerais | Carlos Andrei Siquara |

Circulação. “Filhotes do Brasil”, de Beto Andreatta, é a peça que será encenada pelos artistas do grupo
Buzum
Circulação. “Filhotes do Brasil”, de Beto Andreatta, é a peça que será encenada pelos artistas do grupo

Na estrada há três anos, o projeto BuZum tem quatro cidades mineiras, Vespasiano, Confins, Lagoa Santa e Pedro Leopoldo como os próximos destinos a partir de quarta-feira, dia 13 (leia mais ao lado). A iniciativa concebida por Beto Andreatta, diretor artístico do grupo Pia Fraus, propõe realizar pequenas sessões de teatro de bonecos a crianças de escolas de várias cidades.

Em cada um dos lugares a serem visitados, será apresentada a peça “Filhotes do Brasil”. Escrito por Andreatta, o espetáculo tem direção de Wanderley Piras e Adriana Telg e narra diferentes histórias centradas nas relações entre pais e filhos. O idealizador da proposta conta que, apesar da iniciativa ser recente, sua realização é fruto de um desejo antigo.

“Durante a década de 1990 eu conheci na Europa alguns trabalhos nesse formato que nos inspiraram depois a criar o BuZum. Lá eu vi teatros de bonecos feitos dentro de trailers, caminhões e isso ficou na minha cabeça até termos a oportunidade de adaptarmos essa ideia para um ônibus”, recorda Beto Andreatta.

Ele explica que atualmente três carros rodam os municípios e em cada um deles são encenadas peças com até 20 minutos. “Elas são menores para dar tempo de serem apresentadas mais vezes sem exigir demais dos autores. Nós conseguimos fazer ate seis apresentações por dia, somando cerca de 350 crianças”, acrescenta.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave